Buscar
  • Kelrrey

SHUFFLE: Relembre o clipe do Ansiktet que mistura sexualidade e religião

A Suécia tem nos trazido a cada década, diversas alegrias através da música pop. Começou com o ABBA no final dos anos 70 e seus hits que encantavam as famílias tradicionais. Depois, no final dos anos 80 tivemos a apresentação do Roxette para o mundo, com algo mais rebelde e a exaltação do “girl power” através do estilo da vocalista Marie Fredricksson que sempre adotou cabelos curtos. Nos anos 90 tivemos a invasão da dance music comandada pelo Ace Of Base e a cantora estreante de cabelo curto e franjão Robyn. Nos anos 2000 foi a vez de um revival dos hits do ABBA através do grupo pop A*Teens, e agora nos anos 10, podemos destacar o Ansiktet.


Ansiktet (Rosto, em português) é uma dupla formada por Erik Nordström e Herbert Munkhammar. Ambos vieram de projetos paralelos de relativo sucesso na Suécia. Herbert é também conhecido como Afasi e fez parte do projeto Maskinen que já gravou com Marina Vello (ex vocalista do Bonde Do Rolê). E Erik também teve um projeto paralelo chamado Lilla Sällskapet. O nome do duo é o titulo de um filme de Ingmar Bergman lançado em 1958.


Se juntaram em 2011 e lançaram o primeiro single intitulado “X”. No clipe os rapazes aparecem nus enquanto rola uma história de amor no campo.


Em 2012, lançaram o segundo single da carreira, Ackligt, e firmaram a ideia da nudez do primeiro clipe. Com direção de Magnus Härdner o vídeo consegue prender a atenção do espectador pela bela fotografia.


O vídeo é em preto e branco e mostra diversos modelos seminus (em sua maioria homens). Erik faz alusão a Jesus, com uma coroa de espinhos na cabeça ele inicia o vídeo de cabeça baixa como se estivesse pensando no conteúdo da letra da música (que fala de sexo sujo). Depois ele aparece meigo com filhotes de gatos enquanto Herbert aparece com filhotes de cães. Vem o refrão e aparecem diversos homens e mulheres numa aparente festa rave que rola debaixo de um lençol gigante. Na segunda parte da música, o vídeo pega um pouco pesado mostrando Erik peladão no colo de uma mulher que faz alusão a Maria (a mãe de Jesus) e continua a mescla com as outras cenas. A personagem mais curiosa é um rapaz mais alternativo, afeminado, vestindo calça preta colada, óculos escuros e um sapato plataforma, que passa o clipe todo dançando em seu quadrado.


A beleza das cenas sobrepassa a possível ideia do nu ofensivo.

Se a curiosidade aflorou, o vídeo já está aí abaixo.



5 visualizações

©2019 by Portugays. Proudly created with Wix.com